O que Rafael Nadal falou sobre sua aposentadoria

Rafael Nadal deu uma entrevista à rádio Cadena Cope, da Espanha, comentando sua desistência do ATP 250 de Doha, seus planos para os próximos meses e… o que ele pensa sobre sua aposentadoria, um tema cada vez mais debatido no mundo do tênis. 

O tenista espanhol está há doze meses sem jogar depois de uma lesão. No início do ano, ele teve que desistir de participar do Australian Open por conta disso. Ontem, ele também desistiu do ATP 250 de Doha, no Catar, dizendo que sentia que ainda não estava pronto para competir.

No post de sua desistência, Nadal disse que seus próximos grandes objetivos são a exibição contra Carlos Alcaraz, em Las Vegas, que será transmitida pela Netflix, e o torneio Indian Wells, que acontece em março. 

Para a rádio Cadena Cope, Nadal também disse que não se vê vencendo o Roland Garros hoje, o Grand Slams onde ele é o recordista de títulos. “É muito complicado pensar em vencer Roland Garros. Mas estou entusiasmado por poder chegar até lá e me divertir jogando em Paris.”

Sobre sua desistência do torneio de Doha, Nadal disse que “as sensações não foram boas e não posso arriscar. Cheguei muito cedo em Doha, treinei numa intensidade muito alta, mas não fiz nenhum set,” disse ele. “Para jogar em Brisbane eu estava pronto. Agora não. O risco era inaceitável.”

Na entrevista, Nadal confirmou que seu plano continua sendo participar do Indian Wells depois de sua exibição contra Carlos Alcaraz, mas que tudo vai depender de suas condições físicas. 

“O que eu queria que fosse minha agenda não vai ser possível. O que eu quero é muito diferente do que vou acabar jogando. Meu sonho é estar na gira de saibro em condições aceitáveis ​​e a decisão de desistir de Doha tem a ver com isso. Estou falando de estar saudável, não de ser competitivo,” disse ele.

O espanhol disse que gostaria muito de jogar em Madrid, mas que vai jogar o que puder dentro “da minha realidade.” Ele disse ainda que não quer perder Roland Garros e que vai correr os riscos que permitirem que ele participe do torneio. 

Sobre sua aposentadoria, Rafael Nadal disse que vai tomar uma decisão antes do Roland Garros, que acontece entre maio e junho.

“Vou seguir dia após dia, não posso confirmar nada 100%. Direi antes de Roland Garros, vou me dar alguns meses de cautela. Não consigo definir essas coisas agora depois de doze meses sem competir.”

Leia também >> Raquete usada por Rafael Nadal é leiloada por valor recorde

Compartilhe nas suas redes:

Receba o Brasil Tênis no seu email
A melhor cobertura dos torneios de tênis, além de curiosidades e bastidores do esporte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×