Bia Haddad recebe convite para Charleston

Bia Haddad recebeu um convite de última hora para participar do WTA 500 de Charleston, que acontece nas quadras de saibro verde, que são um pouco mais rápidas que o saibro tradicional.

O evento começa na próxima segunda-feira, e vai preceder a participação de Haddad na Billie Jean King Cup, que acontece nos dias 12 e 13 de abril. 

O anúncio dos ‘wild cards’ foi feito hoje a tarde, e além de Haddad o evento fez outros três convites.

Um dos convites foi para a ex-número 1 do mundo, a dinamarquesa Caroline Wozniacki, que vendeu o torneio em 2011. Wozniacki parou de jogar em janeiro de 2020, por problemas de saúde. Depois, ela se tornou mãe e acabou voltando ao circuito apenas em agosto do ano passado. 

Hoje, ela é a número 129 do mundo. 

Leia também:

Bia Haddad perde de virada em Indian Wells

Bia Haddad perde no Miami Open; Boulter ironiza torcida brasileira 

Os outros dois convites foram para duas americanas: Shelby Rogers, que já foi top 30 do mundo e é originária de Charleston; e Clervie Ngounoue, que tem apenas 17 anos e ganhou o Wimbledon juvenil. 

Ngounoue é a número 360 do ranking WTA. 

Bia Haddad já disputou o WTA 500 de Charleston duas vezes. Na primeira, em 2015, caiu na segunda rodada das qualificatórias. Na segunda, em 2018, não passou da primeira rodada da chave principal, onde entrou direto. 

Haddad vem de uma sequência ruim em suas últimas partidas. Em seus últimos oito jogos, ela perdeu seis. Desde o início do ano, ela soma oito vitórias e nove derrotas. 

Do top 10, apenas três jogadoras estão inscritas no WTA 500 de Charleston: Jessica Pegula, Maria Sakkari e Ons Jabeur, que vai defender o título.

Compartilhe nas suas redes:

Receba o Brasil Tênis no seu email
A melhor cobertura dos torneios de tênis, além de curiosidades e bastidores do esporte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×