Quanto Sinner ganha em patrocínio — e as marcas por trás

O italiano Jannik Sinner — que ganhou o Australian Open no mês passado — ganha US$ 27 milhões por ano apenas em patrocínios, segundo uma reportagem da Gazzetta Dello Sport. 

Esse valor vem do patrocínio de 7 marcas — que apostaram no tenista antes dele virar uma celebridade mundial ao ganhar seu primeiro Grand Slam.

O maior patrocinador de Sinner hoje é a Nike, que fechou em 2022 um contrato de US$ 150 milhões em 10 anos com o italiano. 

Outras marcas conhecidas que patrocinam o tenista são a Gucci, Rolex, Alfa Romeo e Head. Há ainda as italianas Lavazza, de café, e a Parmigiano Reggiano, de queijos.

A cifra dos patrocínios já é superlativa — mas deve crescer ainda mais depois de sua vitória no Australian Open, com o tenista provavelmente atraindo o interesse de outras marcas. 

Apesar disso, Sinner não parece tão interessado assim no dinheiro — pelo menos no discurso. 

Numa entrevista recente ao jornal italiano Corriere della Sera, ele disse que “meu objetivo não é ganhar dinheiro. É me tornar a melhor versão de mim mesmo.”

Leia também >> Jannik Sinner: “Tênis precisa de uma mudança geracional”

Compartilhe nas suas redes:

Receba o Brasil Tênis no seu email
A melhor cobertura dos torneios de tênis, além de curiosidades e bastidores do esporte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×