Andy Murray diz que América do Sul deveria ter um ATP 1000

Andy Murray acha que a América do Sul deveria ter a sua própria gira de tênis — contando inclusive com um torneio de ATP 1000.

O ex-número 1 do mundo e bicampeão olímpico fez a declaração em sua conta no X (o antigo Twitter).

“Opinião impopular. A América do Sul deveria ter sua própria gira dedicada de torneios no circuito ATP, inclusive com seus próprios Masters 1000,” escreveu o tenista.

“A forma como os fãs suportam os torneios lá é incrível. As atmosferas são incríveis e fica claro para mim que o tênis faz parte de sua cultura esportiva.”

Murray já esteve várias vezes competindo na América do Sul — a primeira delas em 2016 para as Olimpíadas do Rio, onde conquistou sua segunda medalha olímpica.

A América do Sul conta com pouquíssimos torneios de tênis de relevância hoje. O principal hoje é o Rio Open, que é um torneio ATP 500. Não há nenhum ATP 1000 na região.

Compartilhe nas suas redes:

Receba o Brasil Tênis no seu email
A melhor cobertura dos torneios de tênis, além de curiosidades e bastidores do esporte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×