,

Sinner precisa ir longe em Monte Carlo para continuar como número 2

Mesmo com a desistência de Carlos Alcaraz do Masters 1000 de Monte Carlo, o italiano Jannik Sinner terá que ir longe no torneio se quiser continuar como número 2 do mundo.

Para manter a posição, ele terá que chegar pelo menos a semifinal do torneio, defendendo os pontos que ganhou no ano passado.

Sinner começa o Masters de Monte Carlo 285 pontos atrás de Alcaraz — já que, enquanto o italiano defende os 400 pontos que ganhou no ano passado, o espanhol não defendia nenhum ponto, já que não participou do torneio.

Se chegar apenas as quartas de final, Sinner ganharia 200 pontos, ficando 85 pontos atrás de Alcaraz.

Jannik Sinner vai estrear amanhã no torneio, já que pulou a primeira rodada por ser um dos cabeças de chave do torneio. Ele vai enfrentar o americano Sebastian Korda. Se vencer, ele vai enfrentar nas oitavas o alemão Jan-Lennard Struff, que derrotou hoje o croata Borna Coric. 

Nas quartas de final, Sinner poderá enfrentar o norueguês Holger Rune ou o búlgaro Grigor Dimitrov.

Compartilhe nas suas redes:

Receba o Brasil Tênis no seu email
A melhor cobertura dos torneios de tênis, além de curiosidades e bastidores do esporte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×