Dimitrov vence Zverev, rompe sequência de 10 anos e chega a final do Miami Open

O búlgaro Grigor Dimitrov, o número 12 do mundo, não vencia o alemão Alexander Zverev há quase 10 anos.

A última vitória foi no ATP 500 da Basiléia, em outubro de 2014. Desde então, foram sete partidas — e sete derrotas.

Ontem à noite, Dimitrov finalmente rompeu essa sequência.

O búlgaro derrotou o alemão nas semifinais do Miami Open e garantiu sua vaga para disputar o título contra o italiano Jannik Sinner — que atropelou Daniil Medvedev nas semifinais.

A partida foi disputada — com o búlgaro precisando de mais de 2 horas e meia e de três sets para fechar o jogo. Ele venceu por 6/4, 6/7 e 6/4.

Dimitrov vai buscar seu décimo título do circuito ATP, além de uma nova vitória num torneio Masters 1000 — algo que ele não consegue desde 2018.

Por chegar na final, Dimitrov já garantiu seu retorno ao top 10 do ranking ATP.

Compartilhe nas suas redes:

Receba o Brasil Tênis no seu email
A melhor cobertura dos torneios de tênis, além de curiosidades e bastidores do esporte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×