Medvedev dá chilique (mais uma vez) e perde nas oitavas de Monte Carlo

O russo Daniil Medvedev deu mais um chilique dentro de quadra, reclamando duramente dos árbitros durante sua partida pelas oitavas de final de Monte Carlo.

Medvedev acabou perdendo o jogo para seu compatriota Karen Khachanov, que ganhou por dois sets a zero, com parciais de 6/3 e 7/5. 

Perto do final da partida, Medvedev foi reclamar de uma das marcações dos juízes de linha, gritando com o juiz brasileiro Carlos Bernardes e chegando a chamar o supervisor da ATP Cedric Mourier.

Leia mais

As melhores raquetes de tênis em 2024

Qual é a raquete de Carlos Alcaraz

“Cedric, vá olhar a marca. A marca está fora,” começou o russo, antes de embalar numa longa reclamação.

“Quem vai agir? Ontem a bola saiu. Foi chamada dentro. Esta bola está fora. Quem assumirá a responsabilidade? Não é minha responsabilidade arbitrar as partidas. É esse cara de óculos. Ele não precisa de óculos porque não vê nada. Era o 15-30 no 5 a 5. Ele deveria estar fora do circuito das quadras de saibro. Por que? É o segundo dia consecutivo. Abra seus olhos. Abra seus malditos olhos. Faça alguma coisa. Estava fora.”

Ontem, durante sua partida contra o francês Gael Monfils, Medvedev já havia dado outro chilique, reclamando da marcação de um ponto, em que o juiz deu a bola como dentro, sendo que o russo garantiu que ela havia saído. 

No jogo de ontem, Medvedev chegou a bater no guarda-sol de raiva. No jogo de hoje, largou sua raquete no chão depois de perder um game e não voltou para buscá-la, tendo que recebê-la de um boleiro. 

Com a vitória sobre Medvedev, Khachanov vai enfrentar o vencedor da partida entre Alexander Zverev e Stefanos Tsitsipas.

Compartilhe nas suas redes:

Receba o Brasil Tênis no seu email
A melhor cobertura dos torneios de tênis, além de curiosidades e bastidores do esporte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×