Mesmo com derrota, brasileiros ganham prêmio alto em Roland Garros. Veja os valores

Apesar da derrota precoce de todos os seis brasileiros que entraram na chave principal de simples do Roland Garros, os tenistas saíram com uma premiação relevante do torneio.

Thiago Monteiro, Thiago Wild, Bia Haddad, Felipe Meligeni, Gustavo Heide e Laura Pigossi ganharam US$ 78 mil cada um apenas por participar da primeira rodada do Grand Slam francês.

Convertendo para reais, a premiação é de quase R$ 400 mil. 

É claro que esse valor é bruto, e ainda é preciso descontar os impostos e todos os gastos que os tenistas tiveram com sua equipe e a viagem. Mas, ainda assim, o valor é relevante. 

Dos seis tenistas que disputaram Roland Garros este ano, a que teve a maior premiação no torneio durante sua carreira foi Bia Haddad, que ganhou quase US$ 700 mil (ou R$ 3,3 milhões) no ano passado, quando chegou até as semifinais do torneio. 

Monteiro e Wild, que chegaram até a terceira rodada do torneio em 2020 e 2022, respectivamente, levaram para casa cerca de US$ 130 mil, ou perto de R$ 800 mil. 

Clique aqui para ver toda a premiação do Roland Garros, por cada categoria e rodada.

Compartilhe nas suas redes:

Receba o Brasil Tênis no seu email
A melhor cobertura dos torneios de tênis, além de curiosidades e bastidores do esporte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×