Em duelo de veteranos, Wawrinka derrota Murray em Roland Garros

Num duelo de veteranos com 3 Grand Slams para cada lado, Stan Wawrinka eliminou hoje o britânico Andy Murray numa partida dominada pelo suíço.

Wawrinka venceu por três sets a zero, com parciais de 6/4, 6/4 e 6/2. A partida durou 2 horas e 19 minutos.

Wawrinka dominou o jogo desde o início, jogando muito bom. O suíço acertou bem os saques e seu poderoso backhand de uma mão — dificultando a vida do adversário.

O jogo era um dos mais esperados do dia por reunir duas lendas do esporte — que provavelmente não devem se enfrentar novamente.

Wawrinka — que já foi número 3 do mundo e ganhou 3 Grand Slams, inclusive um Roland Garros — é hoje o número 97 do ranking. 

Já Andy Murray — o ex-número 1 do mundo, vencedor de 3 Grand Slams e vice-campeão do Roland Garros em 2016 — é hoje o número 75 do mundo.

Os dois tenistas já se enfrentaram 23 vezes no circuito profissional, com Murray vencendo 13 partidas e Wawrinka 10.

A partida foi um duelo de veteranos: Wawrinka tem 39 anos e Murray acaba de completar 37 anos.

Com a vitória, Wawrinka vai enfrentar na segunda rodada o vencedor da partida entre o britânico Cameron Norrie — o número 33 do mundo — e o russo Pavel Kotov — o número 56 do ranking ATP.

Caso vença a próxima partida, na terceira rodada Wawrinka poderá enfrentar o número 2 do mundo Jannik Sinner, que ainda vai jogar sua primeira partida amanhã.

Compartilhe nas suas redes:

Receba o Brasil Tênis no seu email
A melhor cobertura dos torneios de tênis, além de curiosidades e bastidores do esporte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×